Cássio pede proteção à Polícia Federal após receber ameaças de morte

0
32

O líder do PSDB no Senado Federal, Cássio Cunha Lima, recorreu à Polícia Federal para pedir proteção após ter recebido duas cartas com ameaças de morte.

Segundo o tucano, as cartas diziam que ele não passaria o Natal vivo se votasse a favor do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT).

O paraibano é um dos árduos defensores do afastamento da petista do governo. As informações são da coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

Comentários