Deputado diz que candidatura de Manoel Júnior a prefeito nunca existiu

0
26

O deputado estadual Gervásio Maia (PSB) comentou a desistência da pré-candidatura à prefeitura de João Pessoa de Manoel Júnior. O parlamentar criticou o ex-colega de partido e lembrou da sua saída do PMDB depois de quebrar um acordo de rodízio com Manoel Júnior, em que ele entregaria a Gervásio a presidência do Diretório Municipal em 2015.

O deputado afirmou que fez o comentário pois o assunto o envolvia diretamente. De acordo com ele, o início do processo envolvendo a pré-candidatura de Manoel Júnior fez com que o parlamentar deixasse o partido. Gervásio cobrou da Executiva Estadual do partido, no primeiro semestre do ano passado, um acordo de rodízio entre ele e Manoel Júnior, em que assumiria a presidência do diretório a partir do mês de maio de 2015. A disputa interna entre os dois durou até o início deste ano, quando Gervásio decidiu deixar o partido e se filiar ao Partido Socialista Brasieleiro (PSB), do governador Ricardo Coutinho.

“Não existia candidatura própria, mas um desejo dele de usar o partido para atingir seus objetivos pessoais e não do partido”, disse o parlamentar, que afirmou não ter mágoas do PMDB, onde permaneceu por 17 anos. “Para mim são águas passadas. Dele não, mas de outros eu guardo o maior respeito”, afirmou o socialista.

Comentários