PMDB do Rio decide deixar governo Dilma

0
43

O PMDB do Rio de Janeiro decidiu, por unanimidade, deixar o governo Dilma Rousseff. Entre os 12 representantes da legenda no RJ estão: Sérgio Cabral, Jorge Picciani e Eduardo Paes.

Segundo informações do Extra, o partido votará, em Brasília, na terça-feira (29), pela saída do governo.

Além de votar pela saída do governo, o grupo do Rio vai também aproveitar a ocasião e entregar os cargos que mantém no governo federal.

Segundo o jornal, a decisão teria sido comunicada ao vice-presidente Michel Temer (PMDB), na última quarta-feira (23), quando Temer esteve no Rio para visitar o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), internado no hospital Pró-Cardíaco.

A coluna de Lauro Jardim, do jornal “O Globo”, apurou que Celso Pansera e Leonardo Picciani devem votar contra a saída do governo. O prefeito Eduardo Paes, o ex-governador Sérgio Cabral e o governador Luiz Fernando Pezão (que está licenciado por problemas de saúde) não devem comparecer à reunião do diretório nacional, na próxima terça-feira, mas seus suplentes e todos os outros delegados votarão pelo desembarque do governo – inclusive o presidente do partido no estado, Jorge Picciani.

Extra

Comentários