No Dia Mundial da Água, Raimundo Lira destaca transposição e preocupação com abastecimento no Nordeste

0
48
Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária. Em discurso, senador Raimundo Lira (PMDB-PB). Foto: Moreira Mariz/Agência Senado.

O Senador Raimundo Lira (PMDB-PB) destacou, durante discurso nesta terça-feira (22), Dia Mundial da Água, que a data deve servir de reflexão permanente para medidas tomadas em relação à preservação dos mananciais, ao combate à poluição, ao uso equilibrado desse recurso natural e aos diversos temas relacionados à questão da água.

“Precisamos tomar atitudes cotidianas voltadas à preservação, à economia e para que todos tenham direito a esse bem tão essencial à vida”, disse Lira. Ele destacou que, no caso do Nordeste, a preocupação deve ser especial, e citou a Paraíba, que possui a menor capacidade hídrica do Brasil. “A escassez desse bem natural e a vulnerabilidade à seca continuam entre maiores problemas enfrentados pelo povo nordestino”.

O Senador lembrou que, na região que compreende Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará e Pernambuco, o quadro da seca é sempre alarmante. “Uma situação que se agrava cada vez mais diante de outra crise atual, a financeira e econômica, refletindo nos altos índices de desemprego, não só no Nordeste, mas em todo o país”.

Transposição – Raimundo Lira falou sobre a transposição e aproveitou para dar uma boa notícia aos nordestinos: as informações contidas no novo cronograma de obras divulgado pelo Ministério da Integração Nacional, anunciado pelo órgão, que apresenta 83,4% de execução física da obra como um todo, sendo que o eixo norte, que é o que leva água para a Paraíba, tem 84,8%; e o eixo leste, 81,6% de execução.

Ele reafirmou que, segundo o Ministério da Integração Nacional, as águas do São Francisco chegarão à Paraíba ainda em dezembro deste ano ou, no mais tardar, no primeiro trimestre de 2017. “É uma excelente notícia a ser dada aos compatriotas dos quatro estados, cuja esperança estava se dissipando. Uma notícia boa, sobretudo, porque hoje é o Dia Internacional das Águas. Já se pode afirmar que em 2016 teremos água do São Francisco abastecendo os canais paraibanos e dos outros três estados nordestinos”.

Raimundo Lira reafirmou que a transposição é a grande esperança da região, pois levará água para mais de 12 milhões de nordestinos, em 390 municípios – dos quais, mais de 100 municípios paraibanos – “principalmente agora, com a entrada do projeto do Ramal Piancó, cujos recursos foram, há poucos dias, confirmados pelo Banco Mundial”.

Revitalização permanente – Lira lembrou projeto de sua autoria, o PLS 429, que já tramita na Câmara dos Deputados e cria, de forma definitiva e permanente, as condições financeiras para a revitalização do São Francisco, através da contrapartida de empresas que usam as águas do rio para gerar energia elétrica, e que pagarão um percentual sobre o seu faturamento bruto, criando um fundo permanente.

Durante o discurso, Lira foi aparteado pelos senadores Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) e Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), que elogiaram a preocupação permanente de Lira, registrada em seus pronunciamentos, em relação à transposição e à Paraíba. Lira agradeceu e disse que continuará sempre com o propósito de beneficiar a Paraíba, através de sua atuação parlamentar.

Comentários