Advogados protestam contra o posicionamento da OAB na Paraíba

0
41

Advogados paraibanos realizaram uma manifestação em frente à sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em João Pessoa, no fim da manhã desta terça-feira (22) contra o posicionamento da instituição em relação ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Na última semana, a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Paraíba, apoiou o pedido de impeachment.

Os advogados levaram assinaturas de mais de 250 juristas paraibanos contrários ao posicionamento da OAB. Eles foram recebidos pelo presidente Paulo Maia para a leitura do documento e ouvir o que ele tinha para dizer.

O documento afirma que “a OAB-PB e o Conselho Federal realizaram uma deliberação sem assegurar o contraditório violando o princípio do devido processo legal em uma decisão irresponsável e contraditória”.

Aos gritos de “não vai ter golpe” e “vergonha”, os manifestantes se aglomeraram do lado de fora da OAB e tomaram os corredores protestando que a instituição não os representa. Eles chegaram até a chamar o presidente de golpista após ter compactuado com a defesa do impeachment, que segundo eles, “corrobora com as ilegalidades que vêm afrontando nosso estado democrático de direito”.

A advogada Vanessa Araújo de Oliveira Lima, representante do movimento de advogadas e advogados pela democracia, afirmou que o objetivo deles “é manter a democracia brasileira, o respeito às leis. Defendemos as amplas investigações, todas, mas dentro dos limites da lei”.

O presidente da OAB-PB, Paulo Maia, afirmou que a decisão da instituição foi tomada por um colegiado e é legítima. “Por vivermos em um estado democrático de direito, a OAB como uma instituição, ela também tem em si a gênese da democracia representativa”, explicou o presidente. Ele ainda completou ao dizer que “sob o ângulo das instituições e da representatividade legal, ela é a voz da advocacia, querendo ou não, aceitando ou não, da mesma maneira que os nossos representantes do parlamento também o são”.

Comentários