Tribunal de Justiça condena 3 prefeitos e outros 33 ex-gestores por improbabilidade

0
51

O Tribunal de Justiça da Paraíba divulgou nesta sexta-feira (18), no Fórum Afonso Campos, em Campina Grande, o 1º lote de sentenças referente ao julgamento de ações de improbidade administrativa e crimes contra a administração pública de 2016. Entre os condenados estão a prefeita de Patos, Francisca Motta; de Puxinanã, Lúcia de Fátima Aires; e de São Miguel de Taipu, Clodoaldo Beltrão. A divulgação foi realizada pelo desembargador Leandro dos Santos, Gestor da Meta 4 do CNJ.

 

Ao todo foram julgados 100 processos por um grupo especial de juízes e assessores. Destes, 41 foram pela condenação. Entre os condenados, além dos 3 prefeitos, também aparecem outros 33 ex gestores. As demais sentenças foram pela absolvição. Os que receberam condenação ainda podem recorrer das sentenças.

 

O grupo especial é formado pelos juízes João Batista de Vasconcelos, Jailson Shizue Suassuna, Fábio José de Oliveira Araújo, Keops de Vasconcelos Amaral Vieira Pires, Leonardo Paiva de Sousa Oliveira, Agamenilde Dias de Arruda, Claudio Pinto Lopes e, Antônio Eugênio Leite Ferreira Neto.

 

O trabalho alcança todas as comarcas do Estado que importa na tramitação prioritária desses processos e o julgamento do que se encontra regularmente instruídos.

Comentários