‘Voei 15 metros’, diz jogador brasileiro ferido em ataque de Bruxelas

0
28

O ex-jogador de basquete belga-brasileiro Sebastien Bellin, que ficou ferido no ataque terrorista no aeroporto de Zaventem, em Bruxelas, na Bélgica, disse ter sido atingido por um disparo na perna e lançado a uma distância após a segunda explosão, segundo o jornal “Le Soir”.

le contou que, após ouvir a primeira explosão ocorrida perto de uma farmácia no hall do aeroporto, na manhã de terça-feira (22), teve o impulso de correr. “Eu queria sair, sem refletir, queria escapar, porque estava acontecendo algo de anormal. Mas não foi uma boa ideia. Agora, eu vejo porque eles atiraram em mim”, contou.

Bellin foi atingido na perna. “Certamente usaram um kalachnikov, mas eu não sei de onde veio o disparo porque eu estava obcecado em fugir. Atingido no quadril, eu caí. Em seguida, houve a segunda explosão. Eu voei de 15 a 20 metros. Meus 115 kg foram lançados como um travesseiro de pluma. É espantoso”, declarou o jornal.

O jornal diz que o belga-brasileiro segue internado no hospital Erasme. No dia dos ataques, o embaixador do Brasil na Bélgica, Antonino Marques Porto, disse que ele passou por uma cirurgia, mas deveria ser operado novamente.

Há dois anos, Bellin parou de jogar. Ele defendeu a seleção belga e foi pivô dos clubes Anvers e Mons-Hainaut. Ainda de acordo com o periódico, Bellin nasceu em São Paulo em 14 de maio de 1978 e conseguiu a dupla nacionalidade porque seus pais eram belgas.

Os atentados terroristas deixaram 31 mortos e 270 feridos no Aeroporto Internacional de Zaventem e na estação de metrô Maelbeek.

Fonte: G1

Comentários