Lutadora paraibana promete ganhar cinturão do UFC de estrangeira

0
147

A brasileira Bethe Correia mostrou nesta quinta-feira que não está nem um pouco intimidada pelo favoritismo e popularidade da americana Ronda Rousey, atual campeã dos pesos-galos femininos do Ultimate e sua adversária neste sábado, no UFC Rio 7 (UFC 190). Na encarada para fotos ao final do “Media Day”, oportunidade de entrevistas com os lutadores do evento para a imprensa credenciada, a lutadora paraibana foi na cara da rival e, com expressão intensa, gesticulou e entoou palavras desafiadoras.

– Vem para a porrada, vem para o pau. Você vai ser nocauteada – disse Bethe “Pitbull”, que saiu do palco logo em seguida, antes de ser chamada de volta para posar lado a lado com a atual campeã. Ela exibiu a bandeira brasileira com vontade, apostando na torcida de seus compatriotas no combate de sábado(veja no vídeo).

Mais calma, a paraibana falou sobre o momento com o Combate.com, após a encarada:

– Estou muito instigada, com vontade de lutar. Por mim, lutava com ela ali mesmo. Não consigo olhar para Ronda sem vontade de consumar o que temos que fazer. O que demonstrei foi sincero. Estou com muita vontade. Eu a chamei pra porrada, falei para ela trocar comigo. Ela está me subestimando, mas vai se surpreender. Ela sentiu que estou instigada, que estou falando sério – disse.

As mulheres fizeram as encaradas mais quentes do evento desta quinta-feira. A peso-palha americana Jessica Aguilar também disse provocações para a brasileira Cláudia Gadelha, sua adversária na primeira luta do card principal. A lutadora local, assim como Rousey, apenas manteve a expressão fechada durante o “cara a cara”.

Os demais lutadores não se excederam em suas encaradas. Os finalistas do TUF Brasil 4 – Reginaldo Vieira e Dileno Lopes no peso-galo, e Glaico França e Fernando Açougueiro no peso-leve – se abraçaram antes de suas encaradas. Desacostumados com o protocolo do UFC – primeiro uma encarada frente a frente, depois uma pose lado a lado – Dileno e Açougueiro deixaram o palco logo após o “cara a cara”, sem se virar de frente para as câmeras.

Antônio Pezão ficou movendo sua mão esquerda, como se ameaçando Soa Palelei, mas foi respeitoso com o australiano e o cumprimentou antes e depois das fotos. Rodrigo Minotauro encarou Stefan Struve à distância e ignorou os pedidos para que se aproximasse do holandês. Lutadores do coevento principal, Rogério Minotouro e Maurício Shogun se cumprimentaram, mas exibiram expressões intensas ao se encararem novamente – os dois fazem no sábado uma revanche 10 anos após sua primeira luta, vencida por Shogun em 2005.

Combate transmite o evento ao vivo, no sábado, a partir de 19h30 (horário de Brasília), e oCombate.com acompanha em Tempo Real no mesmo horário, com vídeo ao vivo das duas primeiras lutas do card preliminar. Na sexta-feira, site e canal exibem a pesagem oficial ao vivo às 17h30. Os telespectadores podem interagir com a transmissão no Twitter através da hashtag #UFCRionoCombate. Confira o card completo:

UFC 190
1 de agosto, no Rio de Janeiro
CARD PRINCIPAL – a partir de 23h (horário de Brasília)
Peso-galo: Ronda Rousey x Bethe Correia
Peso-meio-pesado: Mauricio Shogun x Rogério Minotouro
Final do TUF Brasil 4 peso-leve: Fernando Açougueiro x Glaico França
Final do TUF Brasil 4 peso-galo: Dileno Lopes x Reginaldo Vieira
Peso-pesado: Stefan Struve x Rodrigo Minotauro
Peso-pesado: Antônio Pezão x Soa Palelei
Peso-palha: Cláudia Gadelha x Jessica Aguilar
CARD PRELIMINAR – a partir de 20h (horário de Brasília)
Peso-meio-médio: Demian Maia x Neil Magny
Peso-meio-pesado: Rafael Feijão x Patrick Cummins
Peso-meio-médio: Warlley Alves x Nordine Taleb
Peso-galo: Iuri Marajó x Leandro Issa
Peso-médio: Vitor Miranda x Clint Hester
Peso-galo: Hugo Wolverine x Guido Cannetti

Globo

Comentários