Professores de Direito lançam manifesto em apoio a Carlos Frederico para presidente da OAB da Paraíba

0
44

Professores de Direito de diversas faculdades de João Pessoa deflagraram no final da tarde de hoje (quinta-feira, 15), no Centro Cultural Zarinha, em Tambaú, um movimento em apoio à pré-candidatura de Carlos Frederico Nóbrega Farias à presidência da OAB-PB.

Na ocasião, um manifesto da academia jurídica foi lido e distribuído, em que são explicados os motivos da decisão. A grande preocupação é que não haja retrocesso das conquistas alcançadas pela atual gestão.

A ideia foi mostrar união dos professores em torno da candidatura de Carlos Frederico. “Acreditamos que o advogado Carlos Frederico representa a continuidade das ações e programas que foram desenvolvidos pela seccional paraibana da Ordem dos Advogados do Brasil, na melhoria da qualidade dos cursos jurídicos desse Estado.

Tais investidas em prol do engrandecimento da academia vão desde uma maior fiscalização nos cursos de Direito de todas as instituições de ensino superior da Paraíba até a reestruturação da Escola Superior da Advocacia Flósculo da Nóbrega, um dos instrumentos nucleares de qualificação da classe, passando pelo incentivo ao debate acadêmico por meio da promoção e do apoio a congressos, seminários e outros conclaves jurídicos dessa natureza”, diz o documento.

O movimento exalta o compromisso de Frederico em defesa da melhoria da qualidade do ensino jurídico no Estado e da manutenção do Exame de Ordem. A academia, segundo o manifesto, quer “melhor criterização do Exame de Ordem, repudiando qualquer movimento que seja favorável à sua etinção, poiis é por meio deste que serão selecionados os profissionais que podem ingressar nesta egrégia casa”.

“Entendo e exalto a importância do professor, desde odo ensino primário ao mais graduado e fico emocionado em obter o apoio da academia.  Lutei contra o contingenciamento do ensino público, contra a restrição verbas do Fies no Conselho Federal, que se posicionou veementemente contra isso. Não poderemos contingenciar o futuro da nação, que é a educação”, comentou Carlos Frederico.

Na íntegra, o manifesto:

MANIFESTO DA ACADEMIA PARAIBANA EM PROL DA CANDIDATURA DE CARLOS FREDERICO À PRESIDENCIA DA OAB-PB

“Carta aberta de apoio de Professores de Direito em prol da candidatura de Carlos Frederico à presidência da OAB/PB”

Nós, adiante assinados, portadores da honrosa arte de lecionar nos cursos de Direito das mais diversas Instituições de Ensino Superior paraibanas,  reconhecendo os avanços promovidos no âmbito do ensino jurídico durante as duas últimas gestões da OAB-PB, subscrevemos o presente manifesto em apoio à candidatura do mestrando Carlos Frederico Nóbrega Farias e ao grupo de Advogados que compõem sua chapa, nas próximas eleições da seccional estadual daquela instituição, em novembro deste ano.

O apoio declarado aqui se perfaz em virtude daqueles que compõem este documento acreditarem que o Advogado Carlos Frederico representa a continuidade das ações e programas que foram desenvolvidos pela seccional paraibana da Ordem dos Advogados do Brasil, na melhoria da qualidade dos cursos jurídicos desse Estado.

Tais investidas em prol do engrandecimento da academia vão desde uma maior fiscalização nos cursos de Direito de todas as Instituições de Ensino Superior da Paraíba até a reestruturação da Escola Superior da Advocacia Flósculo da Nóbrega, um dos instrumentos nucleares de qualificação da classe, passando pelo incentivo ao debate acadêmico por meio da promoção e apoio a congressos, seminários e outros conclaves jurídicos dessa natureza.

Apoiar Carlos Frederico e seu grupo de Advogados na jornada que percorrem em busca de um mandato naquela honrosa casa, defensora dos direitos humanos e da democracia – que também é a nossa casa, já que também desempenhamos o grande mister de exercer a advocacia –  não significa apenas ratificar os citados avanços, mas também reconhecer a perspectiva de que não haverá retrocessos nessas conquistas. 

A Academia jurídica paraibana quer mais: quer a melhoria da qualidade do ensino jurídico desenvolvido em nosso Estado; mais espaços acadêmicos para difusão das ideias e pesquisas elaboradas pela comunidade jurídica;  a valorização e o reconhecimento dos docentes que contribuem com essa honorífica missão; a promoção de audiências públicas por parte da Comissão de Ensino Jurídico da OAB-PB para debater os problemas que afligem os cursos jurídicos da Paraíba, no intuito de encontrar soluções democráticas e criativas para estes; a manutenção da busca por melhor criterização do Exame de Ordem, repudiando qualquer movimento que seja favorável à sua extinção, pois é por meio deste que serão selecionados os profissionais que podem ingressar nesta egrégia casa; além de outros anseios gerais pretendidos pela advocacia paraibana.

Esse compromisso firmado por Carlos Frederico com os acadêmicos em avançar nas ações da seccional paraibana da Ordem dos Advogados do Brasil em favor da melhoria da qualidade do ensino jurídico é o viés motivador para a união destes Advogados e Docentes que aqui subscrevem o apoio à sua candidatura.

Todas essas explanações visam a elevar ainda mais a qualidade do ensino jurídico em nosso Estado, tendo a OAB-PB papel fundamental nessa missão. É a partir da contínua valorização dos Docentes, da melhoria da fiscalização das Instituições de Ensino Superior e da propagação do conhecimento jurídico a todos aqueles que o buscam e o utilizam na sua vida profissional que se terá uma advocacia melhor preparada e mais forte, não só capaz de corresponder aos anseios individuais de seus constituintes, mas, principalmente, de desempenhar seu papel constitucional de agente indispensável à administração da Justiça, mantenedor da ordem democrática e garantidor dos direitos fundamentais dos cidadãos.

São basicamente por essas razões que esses acadêmicos da Escola Jurídica Paraibana, além de prestar seu apoio pessoal ao Advogado Carlos Frederico Nóbrega Farias, convocam seus companheiros de docência, ex-alunos, hoje Advogados, e demais colegas da advocacia a caminharem juntos na difusão dessas ideias.

Certos de que nesse momento estão fazendo a melhor escolha para a OAB-PB e para o futuro do ensino jurídico paraibano nos próximos anos, esses docentes assinam a presente nota.

Comentários