Sistema de videomonitoramento começa a ser instalado em João Pessoa e projeto prevê 1600 câmeras instaladas na Paraíba

0
15

O sistema de videomonitoramento começou a ser instalado em João Pessoa com 400 câmeras para garantir segurança e reforçar o combate à criminalidade. As câmeras de monitoramento serão implantadas em pontos estratégicos, auxiliando os trabalhos de todo o Sistema de Segurança Pública da Paraíba por meio dos Centros Integrados de Comando e Controle (CICC), que foram construídos em João Pessoa, Campina Grande e Patos.

Em entrevista ao ClickPB, nesta quarta-feira (11), o secretário de Estado da Fazenda da Paraíba (SEFAZ-PB), Marialvo Laureano, explicou que a meta é instalar 1600 câmeras em diversas cidades da Paraíba. Além disso, os equipamentos serão colocados nas principais rodovias que cortam o estado.

“João Pessoa começou a instalação mais fortemente agora. Nessa primeira etapa são 1600 câmeras, que já estão sendo instaladas em Campina Grande e Patos. As câmeras também serão instaladas nas entradas das rodovias que cortam a Paraíba”, disse.

Os três CICC irão abrigar o Sistema de Vídeomonitoramento, que serão instaladas em 1.200 pontos estratégicos do Estado. As unidades irão integrar as forças de Segurança da Paraíba e outros órgãos do Estado e municípios em um mesmo ambiente, visando à otimização do atendimento prestado pelo Centro Integrado de Operações (Ciop), diminuindo o tempo de resposta à população e auxiliando o planejamento e execução de trabalhos de prevenção e repressão qualificadas à violência, que envolvam os órgãos operativos.

O acordo de Cooperação Técnica foi publicado no Diário Oficial Eletrônico da Secretaria de Estado da Fazenda (Doe-Sefaz) no último mês de julho e integra o ‘Programa Paraíba Unida pela Paz’, que, entre outras ações de combate à criminalidade, prevê a implantação de Centros Integrados de Comando e Controle (CICC) da Segurança Pública na capital, em Campina Grande e em Patos.

Comentários