TSE abre inquérito contra Bolsonaro e envia notícia-crime ao STF

0
24

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou na noite desta segunda-feira (02) a abertura de um inquérito e o envio de uma notícia-crime ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Essa foi a ação mais dura do judiciário contra o chefe do executivo nacional, que semanalmente tem ameaçado às eleições de 2022.

Todos os ministros que integram à Corte foram favoráveis a investigação administrativa, sugerida pelo corregedor-geral Eleitoral, ministro Luís Felipe Salomão.

Já o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do TSE, foi quem teve a iniciativa de enviar uma notícia-crime tendo como algo a live que Bolsonaro havia prometido comprovar fraudes nas urnas eletrônicas.

“A ameaça à realização de eleições é conduta antidemocrática, suprimir direitos fundamentais incluindo de natureza ambiental é conduta antidemocrática, conspurcar o debate público com desinformação, mentiras, ódios e teorias conspiratórias é conduta antidemocrática”, pontuou Barroso.

Comentários