João veta bolsonaristas em sua chapa e rechaça tese de aproximação a RC: “Não será possível”

0
10

Nesta quarta-feira (28), o governador João Azevêdo (Cidadania) rechaçou, durante passagem pela cidade de Cajazeiras, qualquer reaproximação com o ex-governador Ricardo Coutinho, mesmo diante de uma possível filiação do ex-governador ao PT.

De acordo com o gestor estadual, ele só tem intenção de aprofundar os debates a cerca de 2022 mais próximo do pleito, porém não vê possibilidade de voltar a aliança com RC.

“Essa reaproximação não será possível, evidente que não. Não tenho me negado a falar de política, tenho falado sempre. As decisões com relação às eleições de 2022 serão tomadas em 22, eu não posso antecipar uma formação de chapa agora em 2021 considerando que nós temos no meio de uma pandemia. Precisamos cuidar do povo, salvar vidas, e depois teremos tempo de ter essa discussão sobre futura chapa, mas política temos discutido sempre. Não vejo possibilidade, não há essa possibilidade e não há intenção de voltar a ter aliança com o ex-governador”, disse.

João ainda foi enfático ao dizer que na sua chapa não terá vagas para candidatos que sigam a linha ‘bolsonarista’

“Eu tenho clareza e já disse isso várias vezes: eu não apoiarei o atual presidente na sua reeleição, é a minha posição, eu não apoiarei. Logicamente nós não teremos na chapa candidatos que façam defesa do atual presidente, simples assim. É uma regra que nós adotamos porque que vamos considerar isso nas eleições de 22”, argumentou.

PB Agora

Comentários