Radialista paraibano morre vítima de complicações da Covid-19, um dia após receber alta de hospital de Patos

0
32

O radialista paraibano, Roberto Fortunato de Amorim, morreu na manhã desta sexta-feira (02), por complicações da Covid-19. Roberto tinha 67 anos e foi encontrado morto por familiares dentro do banheiro na casa onde morava em Patos, no Sertão da Paraíba.

De acordo com informações, o radialista deu entrada no Complexo Regional Hospitalar de Patos para tratar de uma hérnia, porém lá foi diagnosticado com a Covid-19. Roberto recebeu alta nesta quinta-feira (1º), após passar dois dias internado na ala para covid-19 e pedir para ser liberado, afirmando que se precisasse assinaria documentos se responsabilizando pela sua saída da unidade de saúde.

Roberto Fortunato era uma grande referência no jornalismo radiofônico da cidade de Patos. Atualmente apresentava o Jornal Espinharas Notícias, na Rádio Espinharas FM, 97,9.

Não há informações sobre velório e enterro do radialista.

Comentários