PGR volta a pedir ao STF suspensão da vacinação de profissionais da educação em João Pessoa

0
37

A Procuradoria-Geral da República ingressou novamente com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender a vacinação em profissionais da educação de João Pessoa. Um pedido, feito a pedido do Ministério Público Federal (MPF), já havia sido rejeitado nessa segunda-feira (17), pelo ministro Luiz Fux.

Dessa vez, a relatora será a ministra Rosa Weber. A expectativa é de que a ministra leve em consideração decisões anteriores dos ministros Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski, que suspenderam o avanço da vacinação atropelando grupos prioritários do Programa Nacional de Imunização (PNI).

A PGR argumenta que permitir a vacinação dos profissionais da educação neste caso pode abrir precedente para que outros estados comecem a fazer pedidos semelhantes, alterando a ordem prioritária do PNI.

Comentários