Nilvan confirma convite de Pedro para ingressar no PSDB e diz que entendimento é unir oposição

0
14

O comunicador Nilvan Ferreira (MDB), durante entrevista nesta quinta-feira (6), revelou detalhes da reunião, a convite do deputado e presidente estadual do PSDB na Paraíba, Pedro Cunha Lima (PSDB). Segundo o emedebista, durante o encontro que ocorreu na tarde de ontem, houve convite de forma oficial para ingresso dele na legenda tucana afim de disputar as eleições majoritárias do próximo ano com objetivo de formar uma coalizão dentro da oposição.

“A conversa com o deputado Pedro foi bastante proveitosa, a gente fez uma análise do cenário de 2022, as projeções e perspectivas. A gente tem o entendimento que é preciso unir os mais diversos setores que compõem a oposição para disputar 2022. Lá na frente, é fazer pesquisa para quem tiver bem ser o candidato do grupo”, disse Nilvan em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação.

“Nós temos nomes importantes no grupo e no momento certo vamos montar a chapa de governador, senador, deputados e suplentes. Será uma boa chapa de estaduais e federais. Eu acho que é essa a minha tarefa, é isso o que as pessoas esperam de mim como um ator importante nas eleições do ano passado e acho que tenho aí uma tarefa muito importante para cumprir nas eleições de 2022. Mas a meta e entendimento é essa, foi isso o que eu ouvi do deputado Pedro, houve o sim o convite para o ingresso ao PSDB, vou analisar todos os aspectos das questões que foram colocadas e no momento certo eu resolvo minha vida no MDB e o meu destino partidário”, afirmou.

Futuro no MDB
Nilvan Ferreira, que é filiado ao MDB na Paraíba, partido aliado do governador João Azevêdo (Cidadania) e do prefeito Cícero Lucena (Progressistas), afirmou ainda que mantém conversas com o presidente estadual do seu partido, o senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB). Segundo o emedebista, deve haver um encontro de forma presencial entre os dois onde será definido o seu futuro dentro da legenda.

“Eu tenho uma tarefa importante nesse processo que é de ouvir, onde daqui a pouco, ainda não sei o momento exato, resolver minha realidade dentro do MDB. Fui para a legenda levado pelo saudoso José Maranhão, nosso eterno líder, e vai chegar a hora certa de resolver a situação dentro das circunstancias que estão sendo colocadas. Eu e Veneziano ficamos de conversar posteriormente, não conversamos pessoalmente, só ao telefone”, disse.

Comentários