Empresário some, família presta queixa do desaparecimento, mas Polícia Civil investiga golpe, em João Pessoa

0
295

A Polícia Civil, através da Delegacia de Defraudações e Falsificação de João Pessoa abriu uma investigação para apurar denúncias de um possível golpe que pode ultrapassar R$ 1 milhão. É que desde o início da semana cerca de 300 pessoas criaram um grupo de WhatsApp e iniciaram buscas pelo empresário Arlan Pereira Moura relatando e o acusando de um golpe.

A delegada Andréia Melo, responsável pela investigação, falou ao IG do Hyldinho que a família do empresário prestou queixa do desaparecimento na Delegacia de Homicídios. “Entrei em contato com a delegada Josenice e ela me confirmou que a família do empresário fez um B.O na Delegacia de Homicídios sobre o sumiço dele”.

Ainda segundo a delegada, pessoas já prestaram queixam relatando que foram vítima do empresário. “O relato é que o empresário dizia que iria investir na bolsa de valores e em outros segmentos para dar resultado imediato. Vamos investigar o suposto golpe que pode chegar a R$ 1 milhão, segundo relatos ou o esquema de pirâmide ”, disse. A delegada orienta que quem tenha sido vítima do empresário vá a uma delegacia e fazer um B.O. “Pode procurar qualquer delegacia e denunciar o caso. Tudo vai ser investigado pela nossa delegacia”. A reportagem tentou contato com a família do empresário, mas as ligações não foram atendidas. OBS.: o espaço fica aberto para a defesa do empresário

Comentários