Mais uma ex-interna de abrigo irregular, em João Pessoa, morre no Hospital Padre Zé

0
19

Mais uma ex-interna do abrigo que funcionava de maneira irregular no bairro de Tambauzinho, faleceu no Hospital Padre Zé, para onde foram levados os 25 pacientes, entre eles idosos e pessoas com problemas psicológicos, no dia 5 de abril deste ano. A morte aconteceu na madrugada desta quinta-feira (22). Esta é a segunda pessoa que morre após o resgate, o primeiro foi um idoso que tinha problema oncológico.

Antes da interdição, outros três idosos que estavam sob a responsabilidade da instituição faleceram, de acordo com o Ministério Público da Paraíba. As mortes estão sendo investigadas pelo órgão.

Luzia do Socorro Silva Soares Figueiredo, de 54 anos, estava internada no hospital desde que foi resgatada do abrigo, de acordo com Melissa Machado, diretora clínica do Hospital Padre Zé, comentou que a ex-interna não era idosa, apesar de estar no abrigo e que era paciente psiquiátrica. “Ela chegou grave, o nível de hemoglobina e/ou hematócrito varia de 12g/dL a 13,5 g/dL e ela estava com 5,5g/dL, necessitou de uma bolsa de sangue logo ao chegar”, explicou. Esse número caracteriza uma anemia grave. “Além disso suspeitamos de neoplasia no trato intestinal, não chegou a ser totalmente esclarecida porque ela foi a óbito. Em nenhum momento essa mulher ficou acompanhada ou teve assistência de perto por parte dos familiares”, disse.

De acordo com Melissa, a prioridade é a retirada dos ex-internos para um local de qualidade haja vista que o número de vagas em instituições para idosos é reduzida na capital. “Não podemos encaminhar idosos que já estavam em situação deplorável a uma nova situação semelhante. Precisamos de um retorno com segurança”, completou.

Comentários