COVID-19: Paraíba registra 1.480 novos casos e ultrapassa a marca de 500 mil pessoas vacinadas

0
10

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, neste sábado (10), 1.480 casos de Covid-19. Entre os confirmados, 108 (7,3%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.372 (92,7%) são leves. Agora, a Paraíba totaliza 270.931 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Até o momento, 776.375 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

Também foram confirmados 39 novos óbitos desde a última atualização, sendo 30 nas últimas 24h.Os óbitos ocorreram entre os dias 07 e10 de abril de 2021, sendo 02 deles em residência, 02 deles em hospitais privados e os demais em hospitais públicos. Com isso, o estado totaliza 6.157 mortes. O boletim registra ainda um total de 192.776 pacientes recuperados da doença.

Vacinas

Sobre a cobertura vacinal, foi registrado no sistema de informação SI-PNI a aplicação de 643.842 doses. Até o momento, 504.009 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 139.833 com a segunda dose da vacina. Um total de 918.218 doses já foram distribuídas.

Concentração de casos

Cinco municípios concentram 734 novos casos, o que corresponde a 49% dos casos registrados neste sábado. São eles: João Pessoa, com 518 novos casos, totalizando 73.550; Bayeux, com 80 novos casos, totalizando 5.521; Campina Grande, com 64 novos casos, totalizando 24.902; Guarabira, com 40 novos casos, totalizando 6.652 e Nova Floresta com 32 casos, totalizando 675.

Óbitos

Até este sábado, 215 cidades paraibanas registraram óbitos por Covid-19. Os 39 óbitos confirmados neste boletim ocorreram entre residentes dos municípios de Areia (1), Barra de Santa Rosa (1), Barra de São Miguel (1); Bayeux (1), Boa Vista (1), Cajazeiras (1), Campina Grande (7), Catolé (1), Coremas (1), Guarabira (1), Itabaiana (2); João Pessoa (10), Lastro (1), Monteiro (1), Nova Floresta (1), Pedras de Fogo (1), Pombal (1), Remígio (1), Santa Rita (3), Sobrado (1) e Sumé (1).

As vítimas são 22 homens e 17 mulheres, com idades entre 28 e 90 anos. Diabetes foi a comorbidade mais frequente e 10 não tinham comorbidade.

Comentários