IBGE suspende provas de concurso para o Censo 2021 por falta de orçamento

0
42

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou nesta terça-feira (6) que suspendeu a realização das provas dos concursos para o Censo 2021. O concurso tinha mais de 204 mil vagas para todo o Brasil, sendo 3.841 na Paraíba.

A decisão foi tomada por conta da aprovação, pelo Congresso, do Orçamento para este ano, que reduziu para R$ 71 milhões o valor destinado para a realização da pesquisa – o valor acordado era de R$ 2 bilhões. O texto ainda aguarda a sanção do presidente Jair Bolsonaro.

Segundo o IBGE, o corte orçamentário inviabiliza a realização do Censo. Por isso, a realização das provas objetivas do concurso, para os cargos de agente censitário e recenseador, previstas para 18 e 25 de abril deste ano, respectivamente.

Em nota, o Instituto também informou que irá avaliar, junto ao organizador do concurso, um novo planejamento para a aplicação das provas, ” a depender de um posicionamento do Ministério da Economia acerca do orçamento do Censo Demográfico”.

O Censo

O Censo Demográfico é uma pesquisa feita a cada dez anos em todo o Brasil. O levantamento realiza a contagem populacional e também traz dados sobre condições de vida, emprego, renda, acesso a saneamento, saúde e escolaridade.

As informações levantadas são usadas para o desenvolvimento e implementação de políticas públicas.

Antes da proposta ser aprovada, a direção do IBGE divulgou um artigo afirmando que “Sem o Censo em 2021, as ações governamentais pós-pandemia serão fragilizadas pela ausência das informações que alicerçam as políticas públicas com impactos no território brasileiro, particularmente em seus municípios”.

O artigo foi assinado pela então presidente do Instituto, Susana Cordeiro Guerra, e o diretor de Pesquisas, Eduardo Rios-Neto. Após a aprovação do orçamento, no dia 25 de março, Susana pediu demissão mas segue no cargo até a indicação de um novo presidente.

Comentários