Decreto prevê multa de R$ 5 mil e prisão para quem for flagrado sem máscara ou promovendo aglomeração

0
1354

O prefeito de Dona Inês, no Brejo paraibano, Antônio Justino, assinou um decreto que prevê mula de R$ 5 mil, além de prisão de até sete dias, para quem for flagrado sem máscara ou promovendo aglomerações. As medidas rígidas são para conter o avanço da covid-19 no município.

O prefeito justifica que a cidade não tem hospitais específicos para o tratamento da covid-19.

Quatro pessoas morreram da doença em Dona Inês e 205 foram contaminados.

Comentários