Sem vagas nos cemitérios de João Pessoa, prefeito vai se reunir com equipe para ‘plano B’ de sepultamentos

0
1555

O prefeito Cícero Lucena (Progressistas) alertou para o colapso até no sistema funerário da cidade. Segundo o gestor declarou em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta sexta-feira (12), o número de sepultamentos na pandemia do novo coronavírus mais que dobrou em João Pessoa, passando de 8 para 20 diariamente, segundo apurou o ClickPB.

Cícero disse que mandou mensagem para um secretário durante a madrugada para falar da preocupação com a lotação dos cemitérios. “Quantos itens que nós estamos cuidando? Mas eu quero lhe dizer que hoje desce cedo, de madrugada, até o secretário me disse ‘eita, prefeito, o senhor me passou mensagem para mim de 1h30 da manhã’. Sabe para quê? Para discutir o problema dos cemitérios. Eu já fiz reunião hoje pela manhã para isso. Amanhã eu estarei visitando os cemitérios.”

O prefeito declarou que os cemitérios estão esgotados por causa do alto número de sepultamentos causados pelas mortes por Covid-19, que potencializaram a demanda já existente antes da pandemia. “Nós aumentamos o número de óbitos na cidade. Se antes a gente tinha, em toda a cidade, oito enterros por dia, hoje nós estamos passando de 20. E muitos desses demandam espaço público. Os nossos cemitérios estão zerados.”

O gestor quer, já a partir do sábado (13), providenciar novas vagas para enterros. “Eu vou montar, a partir de amanhã, uma operação. Que a gente não veja na cidade de João Pessoa as cenas que a gente está vendo na televisão de fazer escavação em terrenos para poder enterrar. Nós vamos tentar recuperar aqueles que a gente puder desocupar os ossários para preparar.”

Com esse alerta, Cícero lembrou que a pandemia do novo coronavírus traz desafios para além da área da saúde. “Nós vamos cuidar disso também. Nós temos a responsabilidade e estamos trabalhando para isso. Então não é apenas um assunto. Não é apenas um motivo de nos preocuparmos. São vários.”

Comentários