Esposa de José Maranhão diz: “Não é nota de falecimento é uma declaração de amor”

0
1219

Em um depoimento emocionado aos paraibanos, a desembargador Fátima Bezerra, esposa de José Maranhão (MDB), morto aos 87 anos, vítima de complicações da Covid-19, diz que o senador não foi apenas dela, mas da Paraíba.

“Vocês fizeram meu marido feliz todas as vezes que ele era votado. Todas as vezes que ele reconhecido nos recantos desse Estado”, diz um trecho do áudio encaminhado a amigos e à imprensa.

Confira o que disse a desembargadora:

“Meu amor. Muitas pessoas quando perdem entes queridos, colocam nas redes sociais, notas de pesar, de falecimento. Eu não. Eu quero colocar uma declaração de amor para dizer a Paraíba, que José Maranhão não foi só meu, foi de vocês.

Quantos Natais, aniversários, comemorações em família, meu amor precisou estar ausente porque tinha compromissos políticos. Quantas vezes eu pedia, nas festas, garotinha ainda, vamos dançar, vamos curtir essa noite. E ele dizia: eu preciso dançar com as pessoas minha filha. Eu sou um homem público.

Meu romantismo só podia ser vivido aqui dentro de casa, quando estávamos eu e ele. Eu dizia: eu te amo. E ele me respondia: eu te amo muito mais. Maranhão me amou incondicionalmente. Perdoou minhas falhas, compreendeu meus limites e entendeu todas as vezes em que eu não correspondi as suas expectativas”.

Comentários