Maior prevalência do vírus da Covid-19 na Paraíba é entre crianças de até 11 anos, aponta inquérito sorológico

0
15

O relatório final da pesquisa Continuar Cuidando com o inquérito sorológico para conhecer o cenário epidemiológico da Covid-19 na Paraíba estima que sobre a variável idade, a maior prevalência do vírus é entre o grupo de pessoas com faixa etária entre zero e 11 anos, que aparece com 16,40%. O relatório também apresenta que a presença do anticorpo IgG positivo em menores de cinco anos é de 14,2%.

A segunda maior prevalência de casos está na faixa etária entre 50 e 59 anos, com 10,7%, seguida do grupo de pessoas de 60 anos ou mais, com 9,8%. Para o secretário executivo de Saúde, Daniel Beltrammi a dependência da mãe, ou de um adulto, criou uma porta aberta para o vírus.

“À medida que a criança vai crescendo, ganhando mais autonomia, se tornando mais independente e se cuidando mais, ela fica menos exposta. Aqui fica o questionamento do que poderia ter acontecido com essa prevalência se as creches, escolas e instituições de ensino no geral não tivessem suas atividades presenciais suspensas. A gente teria construído algo em torno de 30% de prevalência média”, reflete.

O levantamento feito pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) visitou 130 municípios entre 3 de novembro e 22 de dezembro de 2020.

Comentários