Acusado de matar filha por disputa de posse de área rural em Boqueirão, se entrega à polícia e diz que arma disparou sozinha

0
59

O pai acusado de matar a filha por disputa de posse de área rural em Boqueirão, na Paraíba, se entregou à Polícia na última quinta-feira (31). A informação foi divulgada neste sábado (02), pela Polícia Civil.

De acordo com a Polícia, o homem se entregou na presença de advogados e afirma que não tinha a intenção de matar a filha de 36 anos. O homem informou que a arma disparou acidentalmente. O acusado ainda afirmou no depoimento, que ele e a filha não tinham divergências.

Após o depoimento, o homem vai responder pelo crime em liberdade, por ter se apresentado espontaneamente.

O caso aconteceu na última terça-feira (29), quando Adanailza Araújo Vieira foi morta com um tiro de espingarda artesanal. De acordo com a Polícia, a vítima e o pai disputavam a posse de uma área rural. Testemunhas informaram que o homem não aceitava que a filha utilizasse a área para uma plantação.

Adanailza chegou a ser socorrida pelo Samu, mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Comentários