Justiça manda prender sobrinho e outros envolvidos na morte de Expedito Pereira, ex-prefeito de Bayeux

0
1846

O juiz Marcos Willian de Oliveira, da 1ª  Vara do Tribunal do Júri de João Pessoa, expediu o mandado de prisão contra os suspeitos de envolvimento na morte de Expedito Pereira, ex-prefeito de Bayeux. O comunicado foi feito na manhã desta quarta-feira (16).

O juiz mandou prender Ricardo Pereira, que é sobrinho do ex-prefeito, Gean Carlos que trabalhou na campanha de Ricardo a vereador de Bayeux e também Leon, que  foi preso na noite do sábado (12), pelo crime de estelionato e já tinha mandado em aberto desde 2016. No entanto, ele é investigado pela morte de Dr. Expedito Pereira, pois confessou ter usado a moto do crime.

O ex-prefeito de Bayeux foi assassinado no dia 09 de dezembro no bairro de Manaira, em João Pessoa.

Comentários