Laudo confirma que criança foi espancada e torturada até a morte na PB e mãe é presa em flagrante

0
1376

Esse bebê lindo de 1 ano e 2 meses é o João Pedro. Ele foi brutalmente assassinado em Campina Grande e o laudo da Polícia Civil divulgado nessa terça-feira (25) apontou que ele foi espancado e torturado até a morte. A mãe de 26 anos dele foi presa em flagrante suspeita do crime, após contradição no depoimento e dizer que o menino estava com hematomas devido a uma queda do bicama. O menino chegou ao hospital na segunda já morto. Os médicos desconfiaram já que o corpo estava com muitos hematomas e acionaram a PC.

O corpo foi levado para o IML e lá os peritos confirmaram que a morte foi espancamento, trauma hepático, trauma renal e hemorragia abdominal. Foi identificado também que um meio contundente produziu a morte, existindo também sinais de crueldade e tortura na criança. A criança também tinha sinais de asfixia. A mãe tem outros quatro filhos.

IMG_5834

A delegada Suellane Guimarães disse que a mãe falou que no sábado teu um tapa na criança porque brincava com sabão. Na segunda ela deu duas palminhas na bunda da criança quando começou a passar mal. A mãe já tinha respondeu por lesão corporal por agredir outro filho. A mãe vai responder por homicídio duplamente qualificado.

Comentários