Geisel e Mangabeira lideram entre os bairros de JP com casos de esporotricose, doença mais comum em gatos

0
1141

Os bairros Ernesto Geisel e Mangabeira, na Zona Sul de João Pessoa, lideram entre as localidades com mais casos de esporotricose em animais. o que chama a atenção das autoridades de saúde, segundo informou ao ClickPB, a médica veterinária do Centro de Zoonoses de João Pessoa, Valéria da Rocha Cavalcanti.

Entre junho de 2018 e junho de 2020 foram contabilizados ao todo na cidade de João Pessoa, 1.269 casos da doença somente em animais, mas é importante lembrar que a doença também atinge humanos. O Centro de Zoonoses é a porta de entrada para esse tipo de atendimento e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. De acordo com a médica veterinária, assim que surgirem ferimentos com secreção a recomendação é fazer um exame rápido. O resultado sai em 24 horas.

“Em animais com suspeita a gente não espera o resultado, já receita o tratamento, dependendo da situação o tratamento pode durar de 3 meses a 1 ano”, revelou Valéria da Rocha.

De acordo com a médica veterinária, fungo da esporotricose está presente no solo e encontrou no gato o seu hospedeiro. Estima-se que 70% dos casos ocorrem em ‘felinos machos’ por conta dos seus costumes de irem às ruas para brigar por áreas, fêmeas e necessidades fisiológicas. A doença pode ocorrer em cães, mas é mais comum em gatos. Cerca de 90% dos casos registrados em João Pessoa foram em felinos.

Comentários