Campanha de Vacinação Antirrábica para cães e gatos começa nesta quarta-feira em João Pessoa

0
22

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de João Pessoa inicia, nesta quarta-feira (9), a Campanha de Vacinação Antirrábica para cães e gatos. A meta é vacinar 80 mil animais, sendo 60 mil caninos e 20 mil felinos, o que corresponde a aproximadamente 80% da população de cães e gatos no município.

Inicialmente, a imunização contra a raiva acontecerá apenas no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), localizado no bairro dos Bancários, mas a partir da próxima segunda-feira (14), começarão a funcionar os postos itinerantes pelos bairros da Capital. A campanha segue até o dia 17 de outubro.

De acordo com o gerente de Vigilância Ambiental e Zoonoses da SMS, Nilton Guedes, este ano serão tomados cuidados específicos durante a mobilização para evitar a disseminação do coronavírus. “Vamos ampliar a quantidade de postos móveis, visitando todos os bairros. Para evitar longas filas, os postos serão montados sempre em ambientes abertos, entraremos em contato com as ONGs e protetores de animais para aplicarmos a vacina no local onde estão os bichos ou eles também poderão entrar em contato conosco para agendar a vacinação”, explicou.

O gerente do CCZ destaca, ainda, que os tutores dos animais também deverão tomar alguns cuidados quando forem levar seus cães ou gatos para se vacinarem: usar máscaras, manter o distanciamento adequado nas filas, não levar crianças e evitar ir mais de uma pessoa por família para não gerar aglomeração no local de imunização. O posto fixo no CCZ funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Segundo a médica veterinária e responsável técnica do CCZ, Lílian Santos, devem ser vacinados cães e gatos a partir dos três meses de vida. O cuidador deve levar o cartão de imunização do animal, mas aqueles que não tiverem o cartão também receberão o comprovante de vacinação. Caso seja a primeira vez em o que o animal será vacinado, o responsável deve ficar em alerta para a segunda dose, que deve ser realizada após 30 dias.

Cães e gatos devem ser vacinados anualmente. Se o animal estiver debilitado ou a fêmea estiver gestante não deverá receber a vacina. “Isso será avaliado pela equipe no momento da vacinação e, após o restabelecimento do animal, ele poderá ser imunizado”, explicou a médica veterinária.

Postos Itinerantes – Este ano, serão disponibilizados aproximadamente 200 postos itinerantes, distribuídos pelos bairros da cidade. Cada posto funcionará durante dois dias em determinado local, das 8h às 11h e das 13h às 16h. Os locais serão divulgados semanalmente. Em caso de dúvidas, a população pode entrar em contato com o Centro de Controle de Zoonoses por meio do telefone (83) 3214-3459.

Raiva animal – A raiva animal é uma doença causada por um vírus. Ela ataca diversos animais, e também o homem. Quase 100% das pessoas que adquirem a doença chegam ao óbito. O cão, o gato e o morcego são os principais transmissores da raiva em áreas urbanas. O animal raivoso apresenta mudança de comportamento, para de comer, esconde-se em locais mais escuros, tenta beber água sem conseguir engolir, procura fugir de onde está preso e morde tudo o que vê pela frente (objetos, animais e pessoas).

Comentários