Paciente mais idosa a contrair Covid-19 na Paraíba se ‘cura’ e recebe alta, em João Pessoa

0
85

Depois de permanecer oito dias internada com a Covid-19, a paciente de 114 anos, a de mais idade que teve a doença na Paraíba, recebeu alta na manhã desta terça-feira (8) da Maternidade Frei Damião, em João Pessoa. Ao deixar a unidade de saúde, dona Olindina foi saudada por funcionários da unidade da saúde e pela equipe que esteve cuidando dela durante o período de internação. Ela é moradora da Associação Promocional do Ancião (Aspan), no bairro do Cristo, em João Pessoa.

“Para nós que fazemos saúde pública em um momento tão difícil como este que estamos enfrentando com a pandemia da Covid-19, dar alta a uma paciente com essa idade é uma vitória para a gente, ao mesmo tempo em que nos encoraja a continuar lutando contra esse vírus tão devastador e que tem dizimado tantas vidas no mundo. Desde o momento em que ela chegou aqui na maternidade, a equipe se debruçou e não mediu esforços para salvar a vida desta mulher. Essa alta representa para nós, que fazemos parte da Maternidade Frei Damião, uma grande alegria e uma grande satisfação do dever cumprido”, comentou a diretora geral da Frei Damião, Selda Gomes.

Para a diretora técnica da maternidade Frei Damião, Andréa Correia, esta terça-feira é considerado um dia muito especial para a equipe da unidade de saúde. “Nossa querida idosa Dona Olindina está curada da Covid-19 e recebeu alta. Com 114 anos, conseguir superar essa doença é motivo de muita alegria para todos nós”, comentou.

Para Andréa Correia, tem sido uma experiência desafiadora neste período de pandemia atender às usuárias não gestantes, principalmente as idosas que necessitam de uma atenção especializada. “Porém tem nos proporcionado vivenciar momentos como esse de conhecer pessoas tão especiais e com tanto desejo de viver, servindo de ânimo para seguirmos firmes nessa luta e para nos prepararmos a cada dia para oferecer uma assistência cada vez melhor”, comentou.

A coordenadora da Aspan, Irmã Selma Barbosa Costa, por sua vez destacou que o momento é de grande alegria para todos que fazem a instituição. “Aqui é a casa deles e dona Olindina foi recebida com muita alegria e temos que nos alegrar, pois estamos celebrando a vida, o retorno de mais um que volta para casa. Isso é muito bom”, destacou.

Comentários