CALVÁRIO: Gilmar nega pedido para retirar tornozeleira de investigada

0
39

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou nesta segunda-feira (10) o pedido de extensão feito por Denise Pahim para retirar a tornozeleira eletrônica da investigada com base na decisão que beneficiou o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

No pedido, os advogados utilizaram o mesmo argumento do socialista, que citou a pandemia do novo coronavírus para obter a decisão favorável junto ao STF. “(…) Dessa forma, considerando que o pedido liminar foi deferido em favor do paciente com base em circunstâncias peculiares e ligadas às suas condições de saúde, indefiro o pedido de extensão da requerente”, lembrou Mendes.

Na última semana, o ministro determinou a retirada da tornozeleira eletrônica do ex-governador até o julgamento do mérito do habeas corpus impetrado pela defesa junto à corte.

O processo segue em segredo de Justiça.

Comentários