Comandante confirma que cabo preso por suspeita de violência doméstica continua detido em João Pessoa

0
13

O cabo da Polícia Militar, Rui da Silva Nóbrega, preso suspeito de bater na namorada, no bairro dos Bancários, em João Pessoa, continua detido no 1º Batalhão de Polícia Militar, o tenente-coronel Marcos Barros Silva, comandante do 5º BPM onde o policial é lotado.

Segundo o comandante, o inquérito foi aberto pela Delegacia da Mulher da Capital e o policial militar vai responder na justiça comum por se tratar de um crime civil. “Até que se prove o contrário ele continua preso”, afirmou.

Leia mais:

Cabo da Polícia Militar é preso suspeito de bater na namorada em João Pessoa

O crime praticado pelo cabo Rui, que é pré-candidato a vereador da Capital e assessor do deputado estadual Gilberto Silva (PSL), mais conhecido por cabo Gilberto, será enquadrado na Lei Maria da Penha. Cabo Rui está detido no 1º Batalhão de Polícia Militar, no Centro de João Pessoa.

Comentários