ALPB lamenta morte do engenheiro Manelito Vilar: “serviços prestados ao estado da Paraíba”

0
9

A Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba (ALPB) divulgou nesta terça-feira (28) uma nota de pesar pela morte de Manoel Dantas Vilar Filho, conhecido como Manelito, que era primo de Ariano Suassuna e responsável pela Fazenda Carnaúba, em Taperoá. Figura querida na região, ele morreu aos 83 anos, em Campina Grande, devido a complicações de uma cirurgia de vesícula.

Na nota, o presidente da ALPB, Adriano Galdino, destaca os serviços prestados de Manelito ao estado da Paraíba.

Confira na íntegra abaixo:

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, em nome de todos os servidores e deputados, vem a público externar o profundo pesar pela morte de Manoel Dantas Vilar Filho, conhecido como Manelito, engenheiro civil e professor aposentado da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e primo de Ariano Suassuna.

Adriano Galdino destacou também os serviços prestados de Manelito ao estado da Paraíba e afirmou que vai apresentar um voto de pesar do Poder Legislativo pelo falecimento do engenheiro.

Manelito tinha 83 anos e faleceu devido a complicações de uma cirurgia de vesícula. O velório vai ocorrer na Fazenda Carnaúba a partir das 15h e o sepultamento ocorrerá às 9h desta quarta-feira (29), no cemitério de Taperoá.

Ele atualmente conduzia a Fazenda Carnaúba, referência nacional na criação de ovinos e caprinos e exemplo de produção pelo foco na preservação de aspectos sociais e culturais da região.

Comentários