STJ decide manter conselheiros Nominando Diniz e Arthur Cunha Lima afastados do TCE-PB

0
29

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, mais uma vez, manter o afastamento dos conselheiros Nominando Diniz e Arthur Cunha Lima de seus cargos no Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB). A decisão, tomada nesta semana, permanece sob segredo de justiça e foi divulgada nesta sexta-feira (17) durante o programa Arapuan Verdade.

De acordo com o que foi decidido pelo STJ, os conselheiros da Corte de Contas paraibana permanecerão afastados dos cargos.

Antônio Nominando Diniz e Arthur Paredes Cunha Lima foram afastados de seus cargos em dezembro de 2019 após terem sido alvos da Operação Calvário. De acordo com as investigações, os dois são acusados de terem recebido propina para aprovar as contas da Cruz Vermelha durante a gestão do ex-governador Ricardo Coutinho. Por sua vez, a Cruz Vermelha teria sido usada pelo ex-governador para desviar recursos dos hospitais que administrava na Paraíba.

Nos meses de fevereiro e abril deste ano o Superior Tribunal de Justiça havia decidido manter o afastamento dos conselheiros investigados.

Comentários