Com investimentos e ações, Bayeux vem conseguindo frear o crescimento de casos de coronavírus no município

0
25

O município de Bayeux fica localizado na região metropolitana da capital paraibana. Situado geograficamente entre as cidades de João Pessoa e Santa Rita, pólos de casos de infecção pela infecção do novo coronavírus na Paraíba, Bayeux vem conseguindo manter que a curva ascendente da covid-19 não atinja da cidade.

Até essa segunda-feira (18), Bayeux tinha 134 casos confirmados do novo coronavírus. Para frear o crescimento dos dados, a Prefeitura vem investimento maciçamente em ações de conscientização seja nas redes sociais, na mídia ou no trabalho educativo nas unidades de saúde do município.

Desde que foi decretada a Pandemia do novo coronavírus, o município tem feito o seu papel: baixar decreto determinando o isolamento social com o fechamento de comércios não essenciais, suspensão das aulas, dos transportes, das atividades religiosas presenciais, paralisação dos bares, casas de festas e exigir medidas de segurança nos estabelecimentos comerciais essenciais.

“Sabemos que às medidas são duras, mas entendemos como necessárias. A Prefeitura vem trabalhando diuturnamente para que o vírus não se propague rapidamente como fez em outras cidades vizinhas. Estamos juntos nessa guerra contra o inimigo sabendo que vamos derrotá-lo. A Prefeitura tem investido em todos setores para que juntos possamos unir forças e passar rápido por isso”, explicou o prefeito.

No último final da semana, a Prefeitura de Bayeux realizou uma drive-thur de testes da covid-19. Essa medida tinha como objetivo traçar um perfil epidemiológico e detectar possíveis casos no município para, de imediato, iniciar o tratamento e isolamento desse paciente.

Além disso, o governo municipal tem realizado barreiras sanitárias, adquirido equipamentos e insumos para as unidades de saúde, comprado veículos para possibilitar que a Guarda Municipal faça rondas evitando a aglomerações.

“É importante a gente contar com a ajuda e colaboração da população. Ainda não há uma vacina e o melhor remédio no momento é o isolamento social. Sabemos que a situação de muitos bayeuxense é difícil, mas as pessoas têm que compreender é o que estamos fazendo é para salvar vidas. Se sair de casa, caso seja necessário, use máscara. Previna-se e evite aglomerações”, falou o prefeito Bayeux, Berg Lima.

Comentários