Preso jovem que confessou ter matado o agente socioeducativo por dívida; eles tinham um caso, diz PC

0
2364

Foi preso nesta segunda-feira (18), no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa, um jovem de 23 anos, que confessou ter matado o agente socioeducativo e ativista LGBTQI+, Gabriel Taciano. O corpo dele foi encontrado na Praia de Jacarapé, em João Pessoa.

De acordo com delegado Carlos Otton, o jovem disse que mantinha um relacionamento sexual com Gabriel e afirmou ter ido com Gabriel de moto até a praia para um encontro e matou em virtude de uma dívida entre os dois. Um homem também foi preso suspeito de ser o receptor da moto da vítima.

A Polícia Civil levou o jovem até o local do crime onde ele deu detalhes do ocorrido e onde estavam alguns pertences de Gabriel. O agente foi morto a facadas e tiros.

Comentários