STJ nega pedido do Ministério Público Federal e mantém Coriolano Coutinho em liberdade

0
29

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou pedido do Ministério Público Federal (MPF) para que Coriolano Coutinho, irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, retornasse à prisão. A decisão foi unânime e publicada no site do STJ nessa terça-feira (5). Com isso, Coriolano Coutinho segue em liberdade.

Coriolano foi preso em 17 de dezembro de 2019, após ser acusado, na operação Calvário, de participação em um esquema de recolhimento de propina que envolvia também o ex-governador Ricardo Coutinho. As investigações apontam para o desvio de mais de R$ 134 milhões da saúde e da educação da Paraíba.

Após cerca de dois meses na prisão, Coriolano Coutinho teve habeas corpus concedido pela ministra do STJ Laurita Vaz, no dia 20 de fevereiro deste ano.

Comentários