INSS inicia nesta segunda inscrições para contratação de servidores temporários

0
82

Começa nesta segunda-feira (4) e vai até o dia 10 o prazo de inscrição para a contratação de 8.230 servidores temporários que vão atuar na área previdenciária. Na Paraíba, são mais de 150 vagas para João Pessoa e Campina Grande.

O edital lançado pelo INSS com as regras do processo foi publicado no Diário Oficial da União na última quinta-feira (30). Com a contratação temporária de servidores civis federais aposentados e militares inativos o INSS tenta reduzir a fila de pedidos de benefícios que aguardam resposta.

Veja aqui a íntegra do edital e os anexos.

O processo seletivo simplificado para a contratação por prazo determinado de aposentados pelo regime próprio de previdência social da União e de militares inativos das Forças Armadas visa atender à necessidade temporária de excepcional interesse público. De acordo com o edital, por exemplo, as vagas foram divididas em oito grupos, com indicação de atividades gerais e específicas e do perfil do profissional que poderá se candidatar.

Da mesma forma, cada candidato concorrerá exclusivamente para um grupo, vedada a inscrição para mais de um grupo.

As atividades classificadas como específicas são de concorrência exclusiva para os aposentados das carreiras do Seguro Social e de Perito Médico Federal, Perito Médico Previdenciário e Supervisor Médico-Pericial.

Enquanto isso, os militares inativos das Forças Armadas poderão se inscrever para as atividades classificadas como gerais. As vagas estão distribuídas da seguinte forma: 7.400 vagas para atendimento ao público nas agências do INSS e no apoio operacional; 255 vagas para Subsecretaria de Perícia Médica Federal (SMPF); 235 vagas para Conselho de Recursos da Previdência Social (CRPS); 50 vagas para Subsecretaria de Regimes Próprios; e 290 vagas para Departamento de Centralização de Serviços de Inativos, Pensionistas e Órgãos Extintos da Secretaria de Gestão de Pessoal (SGP/DECIPEX).

Portanto, não haverá limite de vagas para os aposentados da carreira do Seguro Social, porém, precisam ter se aposentado nos últimos cinco anos e possuir experiência na análise de benefício e para carreira do Médico Perito Federal.

Além disso, do total de vagas destinadas a cada um dos oito grupos, 5% (cinco por cento) serão destinadas preferencialmente a aposentados pelo regime próprio de previdência social da União e a militares inativos das Forças Armadas que se enquadrem como pessoas com deficiência.

No dia 18 de maio será divulgada a lista de inscritos e o resultado preliminar. No dia 26 de maio sairá o resultado final do processo seletivo em publicação no Diário Oficial da União e nos portais oficiais do governo federal.

Comentários