“Forma como Moro saiu não é a mais apropriada”, diz Mourão

0
46

BRASÍLIA – O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, avaliou que a forma como o ex-ministro Sergio Moro deixou o cargo, na semana passada, não foi “apropriada”. Mourão afirmou que a saída de Moro, por si só, gera problemas para o governo, mas as acusações contra o presidente Jair Bolsonaro de tentar interferir na Política Federal intensificaram a questão.

“Dentro da minha cultura, a forma como o ex-ministro Moro saiu não é a mais apropriada. Ele poderia simplesmente ter solicitado sua demissão”, declarou o vice-presidente em videoconferência promovida pela Arko Advice. “Só isso (demissão de Moro) já seria um problema para o governo pelas próprias características do Sergio Moro e tudo que ele representa para o País. Vida que segue agora”, disse Mourão.

Na entrevista, o vice também afirmou que Bolsonaro e Moro tiveram “algumas rusgas” no relacionamento, como considera que ocorre “em todo e qualquer relacionamento entre um chefe e o seu subordinado”.

Ainda de acordo com Mourão, Bolsonaro ainda está escolhendo um substituto para o lugar de Moro. Nos bastidores, o nome mais forte é o do atual ministro da Secretaria-Geral, Jorge Oliveira. Com a mudança no comando do Ministério da Justiça e Segurança Público, o vice-presidente disse esperar um período de mais tranquilidade.

Comentários