Família é internada com suspeita de coronavírus após velar corpo de bebê morto covid-19 com caixão aberto, na PB

0
4709

Uma família da cidade de Taperoá, no Cariri paraibano, está internada em hospitais da cidade de Campina Grande, com suspeita de Coronavírus. São quatro membros da mesma família: a mãe, o marido e os dois filhos, que ainda são crianças.

A mulher é tia da bebê de quatro meses que morreu no dia 11 de abril no Hospital Geral de Taperoá (HGT) e cujo exame deu positivo para a Covid-19.

Depois disso a mulher, seu marido e os filhos, que residem na rua Solon de Lucena, no centro de Taperoá,  começaram a apresentar os sintomas da Covid-19 e foram levados para serem internados em hospitais de Campina Grande.

A mulher está internada no hospital Pedro I com os filhos, que fizeram exames e aguardam os resultados. Já o marido está em outro hospital apresentando batimentos cardíacos acelerados e a pressão alta.

Enquanto isso, moradores de Taperoá, estão atônitos, pois na cidade já são ao todo 11 casos suspeitos e um óbito, de acordo com boletim da secretaria Municipal de saúde divulgado neste domingo (19).

Com Portal Heleno Lima

Comentários