Irmã de Tavinho Santos, que estava internada em João Pessoa, morre com suspeita de coronavírus

0
3839

Faleceu na madrugada desta quarta-feira (08), uma mulher de 52 anos de idade que estava internada em um hospital particular de João Pessoa com suspeita de coronavírus. Ela foi internada no último domingo (05) após sentir alguns sintomas relacionados ao covid-19.

O ClickPB entrou em contato com a família de Tânia Cavalcanti, que confirmou o falecimento dela. Seu corpo já seguiu diretamente do hospital para o crematório, sem haver sequer velório, conforme recomendado pelos órgãos de vigilância sanitária.

Tavinho Santos, irmão de Tânia Cavalcanti, comentou ao ClickPB que a piora de saúde de sua irmã foi rápida, tendo em vista que ela foi internada no domingo e faleceu na madrugada de hoje. Ele ainda relatou que o resultado do exame ainda não foi revelado. A família segue aguardando o resultado do exame para saber o diagnóstico.

A cerca de 15 dias, Tânia teria viajado até Recife, oportunidade em que visitou um shopping. Quando retornou para a capital paraibana começou a sentir os primeiros sintomas.

Tânia Cavalcanti era esposa do promotor de Justiça, Cláudio Cavalcanti. Tavinho ainda relatou ao ClickPB que sua irmã teve Chikungunya há cerca de dois anos e ainda sofria com as sequelas da doença.

Até a manhã desta quarta-feira (08), a Paraíba já registrou a confirmação de 41 casos de coronavírus e quatro mortes em decorrência da doença, de acordo com a Secretaria de Saúde.

Comentários