Gerente de rede de supermercados de João Pessoa e idosa morrem por coronavírus na PB

0
4944

Um gerente de uma rede de supermercados morreu na tarde deste sábado (4) após contrair o novo coronavírus, em João Pessoa. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), o paciente tinha 43 anos e era hipertenso. Ele teve início dos sintomas em 28 de março, deu entrada no dia 1º de março em hospital privado em João Pessoa, no dia 1º de abril foi para UTI e morreu no dia de hoje.

Ainda segundo a SES, o início dos sintomas do paciente foi em 28 de março. Ele deu entrada no dia 1º de abril em Hospital Privado em João Pessoa, no dia 02 em UTI e veio a óbito neste sábado.

De acordo com a produção da TV Cabo Branco, o paciente trabalhava como gerente de compras em uma rede de supermercados da capital.

Com este resultado, a Paraíba passa a contabilizar 3 óbitos por Covid-19. O primeiro paciente que morreu foi um homem, de 36 anos, que morava em Patos, no Sertão do estado, e estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa. Ele teve o diagnóstico confirmado em 30 de março e tinha histórico de diabetes.

O segunda caso foi de uma mulher de 86 anos que morreu também na manhã deste sábado (4). A paciente morava em Junco do Seridó, no Sertão do estado, e morreu durante transferência para a unidade de referência no tratamento da doença, em João Pessoa. Ela teve o diagnóstico confirmado na noite de sexta-feira (30) e tinha histórico de diabetes, meningioma e glaucoma.

No estado da Paraíba são 34 casos confirmados da doença, distribuídos por 8 municípios: João Pessoa, Campina Grande, Cabedelo, Patos, Sousa, Igaracy, Junco do Seridó e Serra Branca. Dos casos confirmados, 4 estão hospitalizados, 9 já se recuperaram da Covid-19 e 18 seguem em isolamento domiciliar.

O exame para diagnóstico do publicitário Mateus Zerbone Carlos, de 34 anos, que morreu com suspeita de coronavírus, apresentou resultado inconclusivo, segundo a SES. Por isso, uma amostra foi encaminhada para uma nova análise em um laboratório no Pará. A previsão é que o resultado seja divulgado em 10 dias.

Com G1

Comentários