Com quinze assinaturas, deputados protocolam pedido de abertura da CPI da Energisa na ALPB

0
49

Foi protocolado nesta quarta-feira (11), na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o pedido de abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a Energisa, concessionária de energia elétrica que atua no Estado.

Quinze deputados assinaram o requerimento apresentado pelos deputados Felipe Leitão e Cabo Gilberto. No documento, os parlamentares garantiram que a CPI da Energisa vai apurar irregularidades, abusos e desrespeito a consumidores de energia elétrica na Paraíba.

“A CPI vai juntar provas para que seja dado um basta nos abusos que a Energisa vem promovendo aqui na Paraíba. São denúncias graves que precisam ser apuradas e no final todas as medidas possíveis, dentro da legalidade, sejam tomadas para proteger e estabelecer o atendimento justo e adequado para a população paraibana”, disse Felipe Leitão.

Sobre as denúncias que endossaram o pedido de instalação da CPI contra a Energisa constam adulteração nos medidores, fraudes em caso de gatos de energia, monopólio da prestação de serviço e a empresa ser alvo de outras CPIs nas assembleias dos estados de Rondônia, Mato Grosso e Acre.

A “CPI da Energisa” será composta por nove deputados e terá 120 dias para apurar possíveis irregularidades da empresa na Paraíba.

Comentários