Susy de Oliveira, trans abraçada por Dráuzio Varella em reportagem, estuprou e matou criança de 9 anos

0
693

Os telespectadores e a web se encantaram com a reportagem exibida uma semana atrás pelo ‘Fantástico’, da Globo, onde o doutor Drauzio Varella fez uma matéria sobre transexuais nos presídios.

Um dos casos que mais chamou atenção na atração foi o da transexual Suzy, que não recebe visitas na cadeia há oito anos. Neste domingo (08), uma bomba sobre ela veio à tona, de acordo com o processo contra a presidiaria e a Secretaria da Administração Penitenciária, o motivo da prisão de Rafael Tadeu de Oliveira dos Santos, nome de batismo de Suzy, foi pelo fato de estuprar e estrangular Fábio dos Santos Lemos, de 9 anos, em maio de 2010.

Segundo o blog de Hugo Gloss, em depoimento a justiça, a tia de Suzy declarou que ela sempre foi uma criança problemática.

Após a revelação da história, a comoção que foi criada pela trans nas redes sociais virou uma verdadeira indignação pelo caso tão brutal e cruel. A causa da prisão da transexual fez com o que seu nome figurasse entre os assuntos mais comentados na internet.

Com toda repercussão, Drauzio Varella, que abraçou presidiária trans, publicou uma nota de esclarecimento em sua rede social onde afirma: “Não perguntei nada sobre os delitos, sou médico e não juiz”.

Comentários