Vendaval e queda de raio provocam destruição de galpão e assustam moradores na PB

0
76

Foram registradas fortes chuvas em alguns municípios da Paraíba neste domingo (1º). Imagens feitas por moradores mostram consequências das chuvas em algumas regiões do estado, principalmente no Agreste paraibano. O açude Epitácio Pessoa teve um aumento de 45 cm na lâmina d’água. Também foram registrados raios e o galpão de uma empresa ficou destruído.

Vídeos registraram relâmpagos e raios em Campina Grande. No bairro Itararé, moradores gravaram o momento em que um raio cai em um condomínio. Ninguém ficou ferido. As fortes chuvas também atingiram os bairros do Tambor e do Velame na cidade.

Na cidade de Esperança, no Agreste paraibano, também choveu forte e alguns pontos ficaram alagados. Segundo moradores, há muito tempo não chovia dessa maneira no município. Não houve estragos maiores. As cidades de Queimadas e Alagoa Grande, no Agreste, e Araruna, no Curimataú do estado, também registraram chuvas fortes e pontos de alagamento.

Moradores de Cabaceiras registraram cheia no Rio Taperoá, que deságua no açude de Epitácio Pessoa, em Boqueirão. De acordo com os dados atualizados do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), o açude de Boqueirão teve um aporte hídrico de 6.401.666 m³, o que corresponde a um aumento de 45 cm de lâmina d’água. Atualmente o reservatório tem 22,9% da capacidade total.

Durante as fortes chuvas, um galpão desmoronou na noite de sábado (29), em Soledade, no Agreste paraibano. De acordo com um dos responsáveis pelo prédio, o acidente aconteceu durante a noite e nenhum funcionário estava dentro do galpão.

O galpão havia sido construído há pouco tempo. Com os ventos e as fortes chuvas, a estrutura não resistiu, o telhado cedeu e as paredes caíram. Segundo funcionários, a empresa tem cerca de 50 colaboradores, mas ninguém ficou ferido. O prejuízo estimado é de R$ 500 mil.

Com G1

Comentários