Vereador e familiares conseguem quase 1 milhão de empréstimo no BNB enquanto agricultor tem crédito negado, em Juazeirinho

0
100

Enquanto uma única família teve a sorte de contrair empréstimos de quase um milhão com Banco do Nordeste, agricultores de Juazeirinho não conseguem a aprovação de 5 mil reais. Esse fato vem causando desconfiança a dezenas de agricultores que mesmo com cadastro positivo não conseguem realizar empréstimo na cidade de Juazerinho, no Seridó Paraibano.

Porém, um vereador e seus familiares estão sendo beneficiados com altos valores de financiamentos.

Conforme denúncias, quem mora em Juazeirinho têm, por obrigação, de se deslocar até Campina Grande para dar início ao processo de empréstimo pelo Banco do Nordeste. Mas, o vereador e sua família estariam burlando esse percurso e sendo beneficiados com valores altos na agência da cidade de Picuí, no Curimataú do estado.

Levantamento feito pelos agricultores aponta que Admilson Gonçalves da Silva, que foi presidente da Câmara de Juazeirinho e é pré-candidato a vice-prefeito do município pela oposição, teria feito um empréstimo de mais de R$ 500 mil.

Outro beneficiado do grupo do pré-candidato foi o filho dele, o vereador Railson Gonçalves,  vice-presidente da Câmara de Juazeirinho. Segundo os agricultores, ele conseguiu o valor de R$ 200 mil no BNB.

As denúncias apontam ainda que outro parente de Admilson Gonçalves teve o pedido de R$ 160 mil aceito pelo Banco do Nordeste.

Os agricultores questionam que todos os beneficiados têm um alto poder aquisitivo e denunciam ainda que enquanto eles lutam pelo benefício do BNB, essa família tem facilidade no crédito em uma agência fora da limitação de Campina Grande.

A denúncia deverá ser feita diretamente na gerência regional do Banco do Nordeste para que as possíveis irregularidades sejam apuradas.

Comentários