Julgamento do prefeito de Bayeux Berg Lima foi adiado para março devido a troca de advogados

0
13

O julgamento do prefeito de Bayeux, Berg Lima, que ocorreria na manhã desta terça-feira (11), na 3ª Câmara Cível, foi adiado para o dia 3 de março, às 9h. O adiamento ocorreu a pedido da defesa, já que o prefeito, que responde por improbidade administrativa, trocou de advogado.

O advogado Raoni Vita havia deixado a defesa do prefeito desde o ano passado, mas ainda era o nome dele que aparecia no processo. Devido a essa inconsistência, o advogado atual de Berg Lima, Inácio Ramos de Queiroz, pediu o adiamento para a atualização desta informação e também para se inteirar melhor do processo.

Berg Lima já foi condenado em primeira instância e recorreu à Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba. Caso seja condenado, o prefeito se tornará inelegível e pode ser afastado do cargo. O processo se refere ao caso do vídeo em que Berg Lima foi flagrado supostamente recebendo propina de um comerciante de Bayeux em troca da liberação de pagamentos atrasados.

Comentários