Operação Réveillon: Mais de 1.500 policiais intensificam ações na noite de Ano-Novo

0
17

A Paraíba terá um esquema de segurança com atuação de 1.513 policiais militares, durante a Operação Réveillon. O objetivo é prevenir delitos durante as festas de passagem de ano, com atenção especial nos pontos que costumam registrar maior concentração de pessoas, como o litoral da região metropolitana.

Em João Pessoa e em mais 20 cidades da região metropolitana, serão empregados 481 policiais, em quase 100 viaturas, de 10 unidades operacionais. Além disso, o esquema prevê o uso de 14 motocicletas do Batalhão Especializado em Policiamento com Motocicletas (BEPMotos), cavalos do Regimento de Polícia Montada, e 18 veículos individuais de policiamento, conhecidos como VIPs, usados pela Companhia Especializada em Apoio ao Turista (CEATur) na região da orla.

No Busto de Tamandaré, na capital, a Operação Réveillon prevê um esquema com 191 policiais, mais de 40 viaturas, cinco plataformas de observação policial.

O Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) também atuará em ruas, avenidas, estradas e rodovias para proporcionar ainda mais proteção no trajeto das pessoas para os locais onde ocorrem os eventos do período, realizando blitzen e checkpoints.

Em pontos críticos, a PM atuará com o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), e também com o Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb) para combater a perturbação de sossego e crimes ambientais.

As regiões polarizadas por Campina Grande, Guarabira, Monteiro, Solânea, Itabaiana e Picuí, que compõem o Comando Regional I terão mais de 400 policiais e 126 viaturas atuando para prevenir crimes contra a vida e crimes patrimoniais.

No sertão do estado, região do Comando Regional II, serão 336 policiais e quase 130 viaturas atuando nas últimas horas de 2019, e nas primeiras de 2020.

Comentários