Estado encerrará vínculo com mais de sete mil servidores codificados e anuncia processo seletivo

0
2643

O governador da Paraíba, João Azevêdo (sem partido) pretende implantar a Fundação PB Saúde por meio de um projeto de Lei Complementar, que aguarda a aprovação da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). O novo modelo de gestão em saúde encerrará o vínculo com mais de 7.200 de codificados na saúde.

Codificados são servidores que não possuem vínculo empregatício com a administração, e que recebem somente por meio do CPF. O novo modelo de gestão irá extinguir essa prática.

Conforme o Governo do Estado, 4.700 trabalhadores nível médio e técnico serão incorporados à PB Saúde, por meio de processo seletivo. Aproximadamente 1.800 profissionais de nível superior também devem ser incorporados.

Já os 700 médicos, profissionais das Organizações Sociais, devem ser contratados.

Com Mais PB

Comentários