Ministra do STJ mantém Coriolano Coutinho e Gilberto Carneiro presos, em João Pessoa

0
69

A ministra do Superior Tribunal de Justiça, Laurita Vaz, negou os pedidos impetrados pelas defesas de Coriolano Coutinho e Gilberto Carneiro para que eles deixassem a Penitenciária Média de Mangabeira, em João Pessoa. A decisão ocorreu na noite desta quinta-feira (19).

Coutinho e Carneiro foram presos na última terça-feira (17) no âmbito da Operação Calvário e encaminhados para a unidade prisional.

Nos despachos, a ministra votou pela “não concessão da medida liminar” e “requisição de novas informações e vistas ao Ministério Público Federal”.

O procurador-Geral da República, Augusto Aras, informou, por meio de sua assessoria, que é favorável à manutenção das medidas cautelares impostas pela Justiça paraibana e pelo STJ, no caso dos investigados têm foro.

Com Mais PB

Comentários