Ministra nega habeas corpus a Coriolano Coutinho, preso na Operação Calvário

0
69

A ministra Laurita Vaz decidiu negar o pedido de habeas corpus que foi impetrado pela defesa do irmão de Ricardo Coutinho, Coriolano Coutinho. A decisão foi publicada no sistema do Superior Tribunal de Justiça (STJ) na noite desta quinta-feira (19).

Com a decisão da ministra Laurita Vaz, Coriolano deverá permanecer preso na Penitenciária Média de Mangabeira, em João Pessoa.

Nesta quarta-feira (18) Coriolano Coutinho passou por audiência de custódia na Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, conforme noticiado pelo ClickPB. O juiz Adilson Fabrício manteve a prisão dele e determinou que ele ficasse em uma ala especial da Penitenciária Média de Mangabeira. Além disso ficou determinado que não poderá haver contato entre ele, o ex-governador Ricardo Coutinho, Gilberto Carneiro e de Waldson Souza.

Comentários